quinta-feira, 6 de abril de 2017

Salvador recebe exposição internacional de fotografia!







Salvador receberá de (18 de Abril a 10 de Maio 2017)  Exposição Fotográfica Internacional BERNA EM PRETO E BRANCO do Escritor e Músico baiano radicado na Suíça Carlos Ventura, que em dobradinha com a Exposição ESSÊNCIAS será a sensação do Gabinete Português de Leitura (Largo da Piedade Salvador-Ba) neste outono.



O Conceito e a ideia de BERNA EM PRETO E BRANCO:

Conceito: Fotografia Urbana Multi Tecnológica na Palma da Mão.

A exposição se chama BERNA EM PRETO E BRANCO.
Fala do olhar sobre a cidade e os efeitos visuais causados pela neve em seus monumentos, paisagens e cotidiano etc...

O conceito pensado pelo escritor e amante da fotografia,  mostra um olhar "curioso do amador" no futuro da fotografia, utilizando a ferramenta mais usada hoje em todo o mundo para fotografar, o celular/smartphone.
Uma ferramenta tecnológica urbana que conecta o nosso olhar em qualquer parte do mundo e transporta para qualquer lugar num clique, através das redes sociais, grupos etc.
Aliado às novas tecnologias e um prévio estudo destas ferramentas e seus auxiliares (Apps), o "curioso amador" através do seu olhar, energias e sensibilidade,  faz do click o condão, transformando seu olhar através da tela do Smartphone em arte, em sentimento e poesia, podendo compartilhar com o mundo num piscar de olhos, ou expor e assim fazer de estáticas e magicas imagens o centro das atenções.


"...Utilizei apenas o aparelho na mão e mais nada, utilizei como suporte para o Celular coisas que estavam ao alcance cestas de lixo, muros, beirais etc...
Para este projeto utilizei um IPhone 7 e suas ferramentas."

Carlos Ventura 


Musica em Debate falou com os Artistas sobre o projeto DOIS POLOS:

Musica em Debate (MD):   Carlos Ventura, voce que passeia pelas artes (Musica e Literatura) e o ativismo sociocultural é agora fotografo ou esta experiencia um hobby?


Carlos Ventura: 
Primeiramente quero agradecer ao Música em Debate pela difusão deste projeto.
Bem, esta mostra na verdade um misto de Hobby, Paixao e Saudade.
Trabalhei quando jovem com fotografia em Salvador tendo como Mestre o Fotógrafo baiano Fernando Maia, que muito me ensinou sobre foto cobertura. Cobri de tudo, Casamento, Festas, Batizados, Desfiles, até Velório e Enterro (risos).
Mas não me considero um fotografo profissional ou pretendo ser um. Na verdade neste projeto eu busco materializar o que ai esta posto nas redes sociais, no web espaço, um futuro da fotografia conectada, que ja é um fato.
Pois este será o conceito de fotógrafo e fotografia no futuro, cameras e lentes potentes num Smartphone, com Apps mais elaborados.


MD: A ideia do projeto vem de encontro então ao que ja vemos nas redes sociais Instagram e outras redes e o que há de novo então??







CV:
Sim!

Vem a reboque de muitas solicitações de pessoas que curtem de postagens de fotos e videos que faço na Suíça e que fazem sucesso nas redes sociais.
Berna em Preto e Branco é nosso olhar sobre este fenômeno climático que é a neve que encanta a todos e muda de forma significativa as paisagens e passam a interferir de forma artística e cultural na cidade de Berna e no país como um todo. Fazendo interferências visuais nas obras de arte como Estatuas, Pontes, Prédios, Residências, bem como na Culinaria etc...
De novo,  há um olhar sobre a melancolia do inverno neste patrimônio cultural da humanidade que é a cidade de Berna, transformando através da lente a bucólica paisagem num conjunto de imagens poéticas, com vida e alegria pulsante, sob o branco da neve em seus monumentos e paisagens, contrastando com o olhar do visitante acostumado ao clima tropical e cores cotidianamente baianas.


MD: Esta Exposição irá para outros estados??

CV:

Sim, Bahia, Paraná e Rio de janeiro.


MD: As fotografias estarão a venda??


CV:
Sim, estarão!
Uma coisa interessante é que as fotos expostas a venda terá apenas duas iguais no mundo. Foram feitas 3 unidades de cada, para as exposições. Quem adquirir esta adquirindo uma foto que só terá mais duas no mundo e como o arquivo é digital após a impressão foram destruídos (Apagados) nao podendo mais ser por mim ou quem quer que seja, impresso a partir da imagem original.


MD: Aproveitando este bate papo, fala do seu livro novo que foi lançado na Bahia ano passado e foi sucesso numa mostra Brasileira em Berlim?


CV: O Livro ganhou asas e decolou graças a Deus e a Bahia, pois ela foi quem me deu régua e compasso, por isso que entes de levar para qualquer lugar do mundo um projeto, eu o faço aqui na Terra Primeira. Assim ele vai para o mundo carregado de boas energias do Axé da Bahia.
O livro CONJECTURAS esta conquistando seu espaço e ganhando assim como a Peça do qual ele tem origem, corações e mentes. Na verdade ele esta tendo um alcance maior que o livro que originou ele e a peça que fora dirigida de forma magistral pelo querido amigo e Diretor Teatral baiano Tonny Ferreira. Que mostrou que algo que era considerado impossível ser executado, poderia sim torna-se fato.
O livro é o extrato da Peça mas não é um livro técnico ou com linguagem técnica para as pessoas do teatro e sim um Romance teatral para todos os gostos. O Amor, a Fé e a arte são as ligas, mas  eu abordo temas tabus ainda para sociedade como homosexualidade, violência contra a mulher e as paixões virtuais, alem de outros aspectos tão em voga na atualidade como corrupção de agentes públicos.
Um livro que fora escrito nos anos 90 que após adaptações às atualidades como o advento da internet ele esta tão novo quanto um adolescente.
Minha grande alegria neste trabalho é ter boas criticas vindas dos meus pares, escritores de vertentes diversas que leram tanto previamente quanto os que leram depois de publicado.
Um premio em dose dupla pois nesta mesma vibe vem os leitores dos mais variados, desde os devoradores de livros aos que leram pela primeira vez um livro inteiro.
Portanto eu só tenho a agradecer assim como nos demais Livros a exemplo do penúltimo que esta em sua segunda edição O VERDADEIRO PARAÍSO obra multifacetada (Contos, Poemas, Pensamentos, Frases e letras de Musicas Autorais) inspirado e dedicado ao universo feminino.



Quanto a Berlim acho que o grande sucesso é ter pessoas como a Jô Ramos que organizou este Salão do Livro Brasileiro em Berlim, reunindo autores independentes bem como a LIVRARIA BERLIM, que é sem sombra de duvidas um portal da literatura Brasileira na Europa.
O Livro também foi lançado na Suíça/Berna cidade que vivo e amo, foi maravilhoso com um publico a cima do esperado.

Quero aproveitar o espaço para agradecer a K.Kosmetik que acreditou na ideia e investiu nela e a CEOS EDITORA, que além de investir, fez do calhamaço do extrato da peça um livro de fato. Sem estes parceiros CONJECTURAS  n
ão seria possível.
Teremos na Exposição o livro CONJECTURAS, uma oportunidade para quem não pode comparecer ao lançamento que foi um sucesso lá na ABOCA-Associação Baiana e Observatório de Cultura e Arte (Sto. Antonio Alem do Carmo) um a quem renovo meus agradecimentos pelo sempre apoio, terá a oportunidade de adquirir na exposição.

MD: O que é para você esta Dobradinha com Antonio Vougue e o que o publico pode esperar desta mostra?


CV: Realizar trabalhos em parceria é para mim sempre um prazer, fazer esta dobradinha com Antonio Vougue que é um agitador cultural da nossa querida cidade baixa com seus projetos de inclusão artistica, cultural e social, realizados no seu famoso (Sofá da Hebe) ou Sofá Cultural, onde ele integra artes em geral, artistas da cidade baixa, comunidade e convidados, com shows e apresentações locais e internacionais, me faz na verdade um privilegiado.
Antonio Vougue é um vencedor em sua trajetória de vida e isso é sem sombra de duvidas um aspecto que não passa despercebido por quem tem a felicidade de conhecer esta figuraça!
Quanto ao publico, creio que vão se doar como a mim e o Vougue, pois ali não estão Antônio Vougue ou Carlos Ventura e sim as energias que por obra do cosmo somos vetores ou no sentido exato da palavra os materializadores, que na exposição se fundem a sensibilidade do publico, tendo a cada olhar outras interpretações se tornando outras em cada coração e mente.





Antonio Vougue falou ao MD sobre esta dobradinha e sua mostra:


MD: Antonio Vougue, você que esta debutando com sua segunda exposição nos fale sobre um pouco sobre ESSÊNCIAS e esta dobradinha denominada DOIS POLOS:

Antonio Vougue (AV):

Essências é uma leitura de tudo que esta ligado ao que me cerca e tudo que venho aprendendo com esta escolha de dar vazão ao que sempre esteve em mim (A Pintura, Desenho) mas que só foi mesmo possível depois de um contato mais direto com as artes plásticas e pessoas nela inseridas que me incentivaram, me deram orientações técnicas. Na verdade continuam a me dar muito apoio pois afinal sozinho ninguém é absoluto, somos a soma de tudo que aprendemos com aqueles que por graça do destino apresentam-se e participam da nossa caminhada.


MD: Qual a técnica usada nas telas?

AV: Mista, Pastel e Acrilica sobre tela.






MD: Alem da sua primeira Exposição na casa do Benim no ano passado que fora coroada de sucesso, pois contrariando expectativa para um estreante você vendeu quase todas as obras expostas ainda na exposição e esta dobradinha com Carlos Ventura, você esta com trabalhos participando de mostras de arte ou outras exposições?


AV: Sim, estou participando com a obra OXALÁ do Circuito de Arte e Moda do Salvador Shopping que tem a curadoria do Artista Plástico Leonel Mattos.



MD: O que é para você esta Dobradinha com Carlos Ventura e o que o publico pode esperar desta mostra?

AV: Trabalhar em algum projeto onde o nome Carlos Ventura esta ligado, que tem uma longa estrada na musica e literatura e projetos coletivos, com premios no Brasil e fora é uma honra para qualquer artista.
Porque Ventura é uma pessoa inquieta e sempre esta experimentando provocando, com isso motiva a todos. Além de ser uma pessoa generosa, sempre disposta a estar junto e convidar a todos a participarem de seus acertos e experimentações.
Para mim que sou suspeito em falar pois sou admirador do seu trabalho e amigo é um prazer e uma honra fazer esta dobradinha.
A respeito do que o publico pode esperar é que estamos fazendo o nosso melhor para ele, o resto é esperar para ver a reação dele.






Local e Data:





Gabinete Português de Leitura (Praça da Piedade/Salvador-Ba) de 18 de Abril a 10 de Maio 2017.

*Abertura e aperô dia 18/04 a partir das 19:00 horas.


Projeto:  DOIS POLOS

Exposição: BERNA EM PRETO E BRANCO
Carlos Ventura
Curadoria/Salvador: Devarnier Hembadoom




Exposição: ESSÊNCIAS
Antônio Vougue
Curadoria: Greice Zago


Apoio:   



Matéria: Coletivo Colaborador/Música em Debate .



Apoio: ALB/Suíça

quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher: mais do que uma data, a comemoração de direitos e conquistas femininos


Acadêmicas da ALB/Suíça são parabenizadas pelo Dia Internacional da Mulher   






O mundo todo para hoje a fim de parabenizar às mulheres pelo seu dia. A data, que é comemorada desde 1914, na verdade traz à tona os percalços, conquistas e direitos adquiridos pelas mulheres neste último século. 

Doutor Carlos Venttura, presidente da Academia de Letras do Brasil/Seccional Suíça, reforça a necessidade de que, muito mais que presentes ou parabenizações, a data seja um momento de reflexão sobre o que é ser mulher. 

"Muitos avanços são observados, o voto, condições de trabalho dignas, licença maternidade, dentre tantas outras. No entanto, ainda  é grande o número de mulheres vítimas de violência de ordens diversas, exploração e abuso sexuais." 

Foto: Presidente da Alb/Suíça, Dr. Carlos Venttura

Assim, continua o presidente, o dia de hoje serve como balanço, pois ao mesmo tempo que olhamos o passado e nos deparamos com um saldo positivo que legitima a mulher como sujeito de direitos, por outro lado, cabe continuar lutando rumo à igualdade entre homens e mulheres em todos os setores. 

Mulher
Carlos Venttura

"... Se queres saber quem eu sou, comece pelo meu olhar.
Depois observe os meu sinais, aprenda com eles.
Leia os meus detalhes com calma sem pressa.
Dê várias voltas em torno de mim e verás que giro em meu próprio eixo e meu universo é íntimo e único.
Depois de tonto, respire, o meu olor vai deixar-te no prumo, mas sem chão, sem rumo.


Passarás suas noites a rolar na cama imaginando como eu durmo e quando dormires invadirei seu sonho.

Serei sua perseguição e seu descanso.

Te tornarei cativo e manso.

Bravo serás quando eu ordenar.
Carinhoso quando meu corpo pedir e valente quando eu me portar donzela.
Carente quando eu me ausentar e sedento no meu retorno.
Beberás da minha fonte e desbravaras minhas curvas e montes com o seu toque.
Eu serei seu amanhecer e poente.
Tua terra e seu sal
Por mim dominarás o leão e pisaras a serpente.
De todos os seus desejos só um não te concederei.
Pois o desejo de me conhecer de fato é uma mera utopia nem se fosses Mulher não conseguirias pois somos muitas o universo paralelo ao que tu pertences.
Podemos até ter o mesmo papel de Mãe, Mulher e fiel mas, não se engane pois somos de fases.
Até a lua perde.
O nosso interior nunca se mede.
Sem medidas ou ajustes, sou assim independente e nem ouse zombar de mim.
Pois lançarei uma maldição de não me ter nunca mais.
Serás condenado a não mas ler os meus sinais e em círculos irás viver.
Sem o meu calor para te aquecer te tornarás frio e sem vida.
Desprotegido do vento sem guarida..."







Feliz 8 de Março!
Paz e luz.
  


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

ALB/Suíça e ALB/SC lança: Antologia Nacional de Escritores Contemporâneos do Brasil/Volume I Poesia

Edital Nacional/Brasil




Antologia Nacional de Escritores Contemporâneos do Brasil/Volume I Poesia




A Academia de Letras do Brasil/Suíça lança, em parceria com a ALB/Santa Catarina e com o Selo CEOS Editora, a Antologia Nacional de Escritores Contemporâneos do Brasil/Volume I Poesia.

Trata-se de um projeto que visa difundir os escritores contemporâneos do Brasil numa série de três volumes (Poemas, Contos, Crônicas). Um projeto original, voltado a fazer com que o Brasil conheça os expoentes da literatura em atividade, com a participação de veteranos e novos autores que vêm se destacando no cenário literário nacional.
Projeto este que será lançado no Brasil e na Europa.

Realizada pela ALB/Suíça e ALB/SC em parceria com a CEOS Editora.

A Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil Poesia I, uma coleção de trabalhos literários (em um único volume em Língua Portuguesa), facilita o encontro cultural dentro e fora do Brasil, com a distribuição feita pela ALB/Suíça entidade acadêmica internacional (Membro Participante do NGO/ONU, Signatária do Pacto Global/ONU e Certificação de Transparência da EU-União Europeia.)



Justificativa:

A importância da realização de uma obra como esta (Antologia dos Escritores Contemporâneos do Brasil) é propiciar a arte do encontro, por meio da Literatura, entre autores de diferentes culturas, unidos pelo amor às letras. Dessa forma, permite ao leitor o contato direto com uma seleção apurada de textos que abordam os mais variados temas.
A antologia Escritores Contemporâneos do Brasil tem como objetivo aproximar autores brasileiros atuais e leitores, os quais terão acesso à biografia e o contato dos seus escritores favoritos, o que será de suma importância para o estreitamento de laços.
A Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil será uma experiência de essencial, pois a garantia é de que as obras selecionadas irão encantar os brasileiros que residem dentro e fora do nosso país. Além de promover e difundir os trabalhos destes escritores, internacionalizando-os.

A Antologia Escritores do Brasil será realizada de forma cooperativa por meio do sistema de cotas por número de páginas contratadas, o valor de cada página é de: R$ 180,00 (cento e oitenta reais). Não há limite mínimo de páginas a serem contratadas; porém é obrigatória uma apresentação do autor de até 3 linhas, podendo ser reduzida caso ultrapasse o número de páginas contratadas.
A cota versada por página compreende: revisão geral, edição, capa e ISBN do livro.
Os textos devem ser enviados já revisados. Cada autor receberá 5 (cinco) exemplares da Antologia Internacional. Por cada página a mais contratada o autor receberá 3 (três) livros.


*15/01/2017 – Abertas as inscrições para a Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil!
28/04/2017 – Encerramento das inscrições para a Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil.

O pagamento para a participação na Antologia deverá ser efetuado até uma semana após o envio da aprovação do autor.

Os textos aprovados para participação na Antologia receberão as informações bancárias para o depósito do valor referente aos textos publicados.

A previsão para a publicação da Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil é para o mês de Abril de 2017. Os organizadores deverão fazer o lançamento nacional no Brasil em Abril de 2017 em local e data informados previamente e divulgado. Não impedindo que os autores participantes de posse de seus exemplares realizem em qualquer tempo o seu lançamento.

*Nota – As inscrições poderão ser fechadas anteriormente à data prevista, caso o limite de páginas disponíveis seja atingido antes da data prevista no presente regulamento, assim como após a data, em situações contrárias.
 



Regulamento:

1 – Será realizado pela Editora Ceos um volume único com lançamento no Brasil e na Suíça, podendo também ser lançado em outros países da Europa. A Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil terá as seguintes especificações: Formato do livro: 15x21 cm (fechado) 44x 21 cm (aberto), em fonte Times, corpo 12, espaçamento entre linhas simples, capa: 30x2 cm + lombada, 4x0 (colorida),6.50 cm de orelhas, papel supremo 250g/m², laminação Brilho. Corte inicial, dobra, brochura lombada quadrada, PUR.



2 – Os participantes poderão ou não pertencer a Academias de Cultura, Artes, Letras etc., Associações Artísticas ou Culturais, Conselhos de Cultura, Projetos Artísticos e Literários. Poderão participar também, por meio de convite ou indicação de acadêmicos, academias, entidades, projetos ou através deste edital.



3 – Os textos não deverão ter ilustrações ou gráficos e devem seguir as seguintes normas: Formato A4, Word/Fonte Garamont, tamanho 14, espaço 1,5. Não serão aceitos textos que ofendam a liberdade de crença e religiões, ou textos de teor racista ou discriminatório. Os textos devem ser enviados à ceoseditora@gmail.com (especificar no Assunto da mensagem – Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil, nome do autor e título do texto).



4 – Os textos devem ser de propriedade do autor, sendo este o único responsável e imputável a possíveis indenizações por plágio, fraude ou violação de direitos autorais de terceiros.



5 – A “Ceos” x “ALB/Suíça” ficará com uma cota dos exemplares da Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil para o lançamento e a distribuição em bibliotecas comunitárias, públicas e para vendas em sua Livraria Virtual, qualquer lucro que vir a adquirir por meio da venda do livro será destinado aos projetos que a Entidade Desenvolve.


5.1 – Coautores são livres para divulgarem, fazerem lançamento e noites de autógrafos, da Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil, desde que se responsabilizem por todas as despesas, pertencendo também aos participantes os valores das vendas dos livros em questão.

5.2 – A Comissão Organizadora poderá fazer-se presente por seus representantes (dependendo da disponibilidade dos Representantes, do local e data do lançamento), nos lançamentos organizados pelos autores e organizadores.

5.3 – As despesas para envio dos exemplares da Antologia são absolutamente por conta do autor que, previamente, deverá fornecer o endereço para enviar os livros, especificar o tipo de remessa desejada e efetuar o pagamento do frete.

5.4 – Os participantes concordam em autorizar, pelo tempo que durar a antologia com a editora, que a organização faça uso do seu texto, suas imagens, som da voz e nomes em mídias impressas ou eletrônicas para a divulgação da Antologia, sem nenhum ônus para os organizadores e para benefício da maior visibilidade da obra e seu alcance junto ao leitor.

5.4 Em caso de desistência, os valores depositados não serão devolvidos, pois estes serão usados para pagamento dos custos do projeto.


6 – Cada autor receberá 5 (cinco) exemplares da Antologia Escritores Contemporâneos do Brasil. Por cada página a mais contratada o autor receberá 3 (três) livros. A edição será de 500 (quinhentos exemplares), e a parte que não for vendida será distribuída em bibliotecas, eventos Acadêmicos e estabelecimentos comerciais dentro e fora do Brasil, visando ao máximo a divulgação dos autores participantes.



7 – Os direitos autorais dos textos publicados na Antologia “Escritores Contemporâneos do Brasil” são de propriedade dos seus autores.



8 – Uma Comissão avaliadora composta por 5 (cinco) notórios escritores farão a seleção dos textos que irão compor o projeto.
Após a aprovação do texto, o candidato receberá um e-mail com a confirmação da sua participação. Os textos aprovados para a participação na Antologia receberão as informações bancárias para o depósito do valor referente aos textos a serem publicados.



9 – Para enviar seu texto para aprovação e receber o orçamento com o cálculo do número de páginas que seu texto terá ao ser formatado, contate-nos pelo e-mail ceoseditora@gmail.com



10 – Os endereços para o envio dos livros e cópia do comprovante de depósito devem ser enviados para o e-mail ceoseditora@gmail.com, com o Assunto: Comprovante de Depósito e Endereço.

10.1 – É de suma importância que no item “Assunto” esteja especificando o conteúdo do e-mail, sendo eles: Texto para Avaliação; Comprovantes de Depósito e Endereço; Endereço para envio; Comprovante de depósito para Antologia; Comprovante de Depósito de Envio etc.

10.2 – A contracapa terá como marca d’ água a ilustração e poderá ou não conter a logomarca dos organizadores, entidades parceiras ou patrocinadores. Ao fazer a inscrição o autor co-participante autoriza aos organizadores o uso privativo da contracapa.  



11 – Todas as dúvidas e casos omissos neste regulamento serão analisados por uma comissão composta pela equipe organizadora e sua decisão será irrecorrível.


Organização ALB/Suíça e ALB/SC em parceria com a CEOS Editora.

Este Edital entra em vigor na data da sua publicação.
Registre-se, publique-se.



Berna/Suíça 14 de Janeiro de 2017




Vanesa Rodrigues
Vice-Presidente/Secretária-Geral


Dr. Carlos Ventura-Ph.I
Presidente da ALB-Suíça
President/ALB for Europe





Mensagem: